Arquivo para novembro \20\UTC 2007

Participação Especial

Sexta passada participei do PabloCast, o pod cast do Pablo Miyazawa, meu brother. Falamos muita coisa, tipo sobre publicidade de games, Press Releases e coisa e tal com produção do Gus do AudioGame. Foi realmente muito divertido e estamos planejando alguma coisa. Mas com esse monte de feriado junto, eu fiquei zuado demais.

Antes que alguém me xingue, sério, fiquei mal mesmo e não consegui cumprir com as promessas do GuerreiroCast 02 e com outras feitas durante o PabloCast. Mas pode deixar que eu já tenho algum material pronto e em breve ele estará aqui no Guerreiro.

Outra coisa, gostou do novo visual?

Vou colocar o game que mais aguardo em cada semana na imagem alí em cima. Acho que é legal, e você?

Anúncios

O Significado dos nomes dos games

Como este final de semana prolongado foi muito prolongado, eu tenho apenas dois posts, um que equivale para ontem e outro para hoje, ok?  

Você já pensou no que significa o nome de alguns jogos? Imaginou se um dia eles também forem traduzidos como acontece com os filmes? Bom se não pensou eu tomei a liberdade de traduzir alguns nomes. Eu acho que você vai gostar (principalmente o Fabão, que diz que está com saudade das minhas traduções).

Army Of Two = Braços De Dois
Assassin’s Creed = Credo! Um Assassino!
Final Fantasy = A Fantasia Final
Gears Of War = Marchas Da Guerra
God Of War = Deus Da Guerra
Halo = Ralo
Motorstorm = Tempestade De Motores
Rainbow Six = Seis Arco-Íris
Silent Hill = O Rio Silencioso
Street Fighter = Brigador De Rua
Top Gear = A Melhor Marcha
Viva Piñata = Viva Punheta
Last Remnant = O Último Que Restou
Winning Eleven = Os Onze Vencedores
Metal Gear Solid = Engrenagem De Metal Sólida
Donkey Kong Jungle Beat = Donkey Kong: A Puta Das Selvas
Kid Cameleon = O Garoto Camelão
Call of Duty = A Vaca da Guerra
Grand Theft Auto: San Andreas = O Grande Ladrão de Carros de Santo André
Guitar Hero III: Legends of Rock = Guitarreiro III: As Legendas das Pedras
BioShock = Colapso da Vida
The Orange Box: A Caixa Laranja

Inglês para partidas online

Quando você está falando com um gringo durante partidas online, eu recomendo que você use algumas de nossas gírias para expressar melhor o que você quer dizer. Sério, eles vão entender tudinho.

É nóis na fita! = It’s us on the tape!
Chá comigo. = Tea with me.
Eu livro sua cara. = I book your face.
Eu sou mais eu. = I am more I.
Você quer um bom-bom? = Do you wanna good-good?
Escreveu, não leu, o pau comeu! = Wrote, didn’t read, the stick ate!
Ela é cheia de nove horas. = She is full of nine o’clock.
Entre, meu bem! = Between, my well!
Tô careca de saber. = I am bald of knowing it.
Matar a cobra e mostrar o pau. = To kill the snake and show the stick.
Filme queimado. = Burned movie.
Lavar a égua. = Wash the mare.
Você está por fora! = You are by out!
Não encha o meu saco! = Don’t fill my bag!
Antes tarde do que nunca. = Before afternoon than never.
Tire o cavalinho da chuva. = Take out the little horse from the rain.
A vaca foi pro brejo. = The cow went out to the swamp.
Dar uma de João-sem-Braço. Give one of John without arm.

Não faça posts de guerra, faça de paz.

pazNós estamos aqui no Brasil. Um lugar que outrora era tão árido que poucas sementes da vegetação gamer
dava vida por aqui. Foi o caso da Playtronic, que murchou e morreu. Foi o caso da Gradiente, que nem ao menos saiu da semente. Claro que depois de um logo período cuidando da terra, adubando, as coisas começaram a mudar agora. Mas veja bem, ainda estamos longe da perfeição.

Hoje não existe nenhum blog nacional com o número de leitores que o Joystiq e o Destructoid têm. Não há nenhum gande site com o mesmo poder do que o IGN, ou site de complemento de conteúdo que o 1UP. Isso acontece nos EUA, onde a imprensa digital anda lado a lado com a impressa em uma concorrência saudável. Mas isso não quer dizer que todos os jornalistas dos veículos de lá são amigos.

Para exemplificar, vou mostrar alguns links. Hoje pela manhã o Destructoid postou uma notícia dizendo que o Assassin’s Creed do PS3 era pior do que o do 360. Segundo a nota, a informação vinha direto do IGN. A nota vem com uma frase do autor do review dizendo que objetos apareciam do nada e que o frame rate era tão ruim que impedia de fazer algumas coisas à partir do terceiro estágio do jogo. Até aí tudo bem, a confusão vem depois.

Quando eu cliquei no link, o review não dizia nada disso, acho eu que os caras do IGN simplesmente deletaram esta parte. O único rastro ficou nos comentários das notas de cada parte técnica, que realmente dizia que o frame rate era tosco.

Mais tarde, entrei no Dtoid novamente e vi que os caras estavam chateados e postaram uma nova notícia dizendo que o IGN alterou o review e aproveitou para ver as mesmas falhas que eu vi e ainda afirmando que o site alterou o review dando uma segunda visão do jogo – como se isso fosse a pior coisa do mundo.

Gente, pra quê esta briga? Pra quê estes humores exaltados? Calma Não precisa de nada disso. É tão mais fácil viver em paz. Vamos ser honestos, o jogo pode ser ruim ou não, mas qual o motivo de fazer um post de um review de um site “da concorrência”? Porque não fazer seu próprio review? Acho que os caras do Dtoid muito legais, mas acho que eles levam as coisas muito pro lado pessoal. Se o IGN é chapa branca ou não, também não vem ao caso.

O mais legal da área de jornalismo de games e fazer amizades no meio (opa!), com outros jornalistas. Eu pelo menos penso assim, sou fã de todos os meus colegas de trabalho. Para mim, as revistas é que são concorrentes, não as pessoas. Eu não concorro com ninguém, pelo contrário, tento ser amigo de todos e me sinto orgulhoso de quando coisas assim acontecem.

Confira essa!

Se você tem um 360, PS3 ou Wii ou os três, é como eu – não gosta de jogos piratas – mas quer usar seu console regularmente, tente usar o serviço EasyPlay. Sério, não é jabá, mas era o que eu estava procurando nesta vida louca. A idéia é bem simples, você acessa o site, faz o cadastro, escolhe o jogo e os caras entregam na sua casa. depois que terminar o game, você escolhe outro jogo os caras entregam e retiram o antigo. É uma locadora de games online.

Eu curti a idéia, principalmente por não ter que desembolsar uma fortuna por mês em jogos novos – Rachet & Clank 4 custa R$ 250,00 em média. Se eu jogar seis jogos em um mês lá se vai mais de R$ 1500,00 pro saco. E eu prefirto esta grana na minha conta, e você?

Essa é Firmeza!

Bom, hoje chegou nas bancas de todos o país uma nova revista no mercado, a PS3World.  Essa é a evolução natural da PSWorld e é nela que estou trabalhando agora. Editada por Allan André e Ricardo Caetano, com a colaboração de pessoas carimbadas com Douglas Pereira e eu, a PS3W  tem a responsabilidade de trazer as notícias, análises e prévias de todos os jogos do universo Sony, incluindo PlayStation 2 e PSP.

Não é puxando sardinha, mas eu acho que você deveria dar uma lida para conferir. Confira o conteúdo desta primeira edição aqui e depois diga o que vocês acharam.

 PS3W

PS3W não é só de PS3, tem PS2 e PSP também.

Cuidado DS e PSP!

Essa é boa, pode ser “old”, como diriam usuários de forums em geral, mas eu quero comentar sobre o lançamento do Mega Drive Portátil. Se você não sabia disso, também não leu errado.

TecToy vai lançar o portátil em em todo território nacional no dia 05 de dezembro. Diferente dos seus concorrentes, o MDP não vai usar cartuchos ou mídias falidas, 20 jogos estarão em sua memória interna, incluindo Sonic & Knukles, Shadow Dancer e The Revenge of Shinobi — é só jogão. Se preferir, você pode usar a televisão no lugar da telinha do portátil. Tudo isso por R$ 199,00.

O site da Tectoy está desatualizado, mas você pode ver a notícia na íntegra aqui.

Mega Portátil

Esse é o Mega Portátil da Tectoy. Quem precisa de duas telas?